www.guardasmunicipais.com.br

Portal Das Guardas Municipais

Violência Requer Prevenção

Ocorrências
Atendimento de ocorrências - Uma das competências das Guardas Municipais

Envie ocorrências para o e-mail: faleconosco@guardasmunicipais.com.br

Jovem reencontra família com ajuda de guardas municipais
O trabalho do Grupo de Pronto Emprego Operacional da Guarda Municipal proporcionou o reencontro de um jovem de 27 anos com a família, nesta quarta-feira (27/2). O rapaz estava em situação de rua há alguns meses e era acompanhado pelos guardas que, diariamente, se dedicam a oferecer auxílio a essa população, no Centro da cidade.

“Oferecemos apoio em diversas ocasiões, até que ele aceitou que entrássemos em contato com a mãe dele”, conta o supervisor Antônio Carlos Flausino, responsável pelo Grupo de Pronto Emprego Operacional na região central. 

A mãe, moradora do bairro Juvevê, foi localizada e informada sobre a situação do filho. “Há meses ela vinha procurando pelo filho, foi até mesmo ao Instituto Médico-Legal buscar informações. Ela ficou bastante contente e nos agradeceu pelo apoio”, diz Flausino.

O jovem costumava dormir na Rua Brigadeiro Franco, nas proximidades da Avenida Vicente Machado, inclusive em dias chuvosos. “Após o reencontro com a mãe, orientamos a ida do jovem a uma clínica de reabilitação, que foi indicada à família, para que ele não tenha uma recaída e retorne às ruas”, informa o guarda municipal Theodoro da Silva Neto, um dos integrantes da equipe.

Guardas têm contato direto com a população de rua

Uma equipe exclusiva da Guarda Municipal, com a viatura do Policiamento de Proximidade Ostensiva, desenvolve o trabalho de apoio à população em situação de rua de forma rotineira. Os profissionais conversam com as pessoas, verificam necessidades e oferecem oportunidades. O trabalho teve início no final de 2018.

“O regresso ao convívio familiar é um dos objetivos principais do nosso trabalho”, ressalta o guarda municipal Theodoro da Silva Neto.

Além de encaminhamentos para clínicas de reabilitação, os guardas acionam profissionais da saúde, quando necessário, ou equipes da Fundação de Ação Social (FAS), quando as pessoas aceitam o atendimento.

Fonte: https://www.bemparana.com.br