www.guardasmunicipais.com.br

Portal Das Guardas Municipais

Violência Requer Prevenção

Marcha Azul Marinho
É uma Mobilização Nacional de cunho Social, Cultural e Científico


 

marcha azul marinho belo horizonte

I Marcha Azul Marinho de Belo Horizonte e II Marcha Azul Marinho mineira...SUCESSO!
Mais uma vez a Marcha Azul Marinho surpreendeu a todos e fez o seu papel, Guardas Municipais de mais de 30 cidades de vários estados marcharam pelas ruas de BH/MG em um momento histórico de muita emoção.

Por Naval

Guardas municipais participam de marcha no Centro de Belo Horizonte

Profissionais da categoria seguem da Praça Sete para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Estado de Minas

Publicação: 11/04/2014 11:54 Atualização: 11/04/2014 14:02

Cerca de 150 guardas municipais de Belo Horizonte, região metropolitana e outras cidades mineiras participam de uma manifestação na manhã desta sexta-feira no Centro da capital. O evento, chamado de "Marcha Azul Marinho", é realizado pela primeira vez em BH. Segundo a página do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado de Minas Gerais (Sindguardas-MG), os agentes de segurança municipal se concentraram na Praça Sete e de lá seguem para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), onde participarão de um seminário. A categoria reivindica reconhecimento e regulamentação de suas atividades.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que foi anunciada ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) e a uma comissão de guardas uma série de medidas que vão resultar em ganhos para a Guarda Municipal. Os benefícios atendem aos três itens da pauta prioritária apresentada pelo Sindibel à PBH. "O primeiro item contemplado foi a retirada do artigo do Estatuto da Guarda Municipal que veda a filiação sindical. A redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais, sem alteração no salário, foi outra reivindicação atendida pela prefeitura O terceiro item da pauta, o pagamento de Adicional de Periculosidade, também foi aprovado pela Prefeitura. O índice será de 30%, sendo 15% incorporado aos salários a partir de setembro de 2014 e 15% em setembro do ano seguinte", diz a nota.

A prefeitura também sinalizou positivamente para outras reivindicações, como a realização de concurso público para seleção de 200 guardas e a contratação de empresa para a realização do processo seletivo interno necessário para a promoção prevista no plano de carreira. A Prefeitura também informou que a questão do armamento da Corporação está sendo analisada pelo prefeito e pela Secretaria Municipal de Segurança.

"Outras reivindicações, que envolvem análises mais complexas, como reajuste na Gratificação por Disponibilidade Integral (GDI), equiparação salarial com os órgãos de segurança do Estado, pagamento de adicional noturno, aumento no valor do vale-lanche e seguro de vida serão levadas à Mesa de Negociação Sindical, um canal de discussão permanente instituído pela Prefeitura, que reúne representantes do Executivo e do funcionalismo", finaliza.
Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2014/04/11/interna_gerais,518067/guardas-municipais-participam-de-marcha-no-centro-de-belo-horizonte.shtml#.U0gCyjqR8dA.facebook
Foto da WEB
Comentário e Titulo nosso

 

Idealizador

Mauricio Domingues da Silva (Naval)
Presidente da ONG SOS Segurança Dá Vida, Diretor do Conselho Nacional das Guardas Municipais, Inspetor da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo
Especialista em Segurança Pública
Autor do Livro Guardas Municipais - A Revolução na Segurança Pública